Historia_da_invencao_das_telhas.jpg

História da invenção das telhas

03/08/2018

Para conhecermos a história das telhas, devemos nos reportar a outra origem: A cerâmica.

As primeiras telhas surgiram com os avanços no conhecimento de queima da argila, transformando-a em cerâmica. Em eras passadas, descobriu-se que a argila possuía a propriedade de alterar facilmente sua estrutura, conforme o avanço de sua secagem, ou seja, a argila umedecida podia ser moldada com tranquilidade, endurecendo à medida que tornava-se mais seca. Assim, tornou-se a base de fabricação de utensílios para armazenamento e transportes de líquidos e alimentos.

No final da Idade da Pedra, notou-se que este processo de endurecimento da argila poderia ser acelerado se ele fosse realizado em temperaturas mais altas. Assim, passaram a endurecer esse material em fornos por meio de queimas, proporcionando um material ainda mais resistente, que poderia ser utilizado em muitas outras atividades, surgindo daí a cerâmica.

A utilização da cerâmica foi impulsionada pelos romanos que a aplicavam em vários seguimentos, inclusive na construção civil, e isso não ficou restrito a Roma, uma vez que tais conhecimentos foram difundidos em todo o seu império. Outros povos buscaram diversas formas de utilizar esse material e um deles desenvolveu um novo sistema de cobertura de casas, substituindo assim, as coberturas de colmos ou madeiras que não ofereciam muito conforto, já que apodreciam com o tempo.

Em razão de vários povos de diferentes regiões conhecerem todo o processo de cozimento da argila, torna-se impossível assegurar a origem das telhas. No entanto, muitos historiadores atribuem a Kirinas, rei do Chipre, a sua invenção, mas com ressalvas, pois também acreditam que os assírios já conheciam sua aplicabilidade, muito tempo antes dos chiprianos. O fato é que as telhas podem ser tão antigas quanto o uso de tijolos de barro.

Com o passar do tempo, as técnicas foram se modernizando e destacou-se então, o modelo de telhas chamado de colonial, que se manteve em uso na Europa, durante muito tempo e se adequava melhor às condições da região.

Da mesma forma, foram surgindo novos tipos de telhas, até que em 1841 surgiram as telhas de encaixe, fabricadas mecanicamente, o que revolucionou o seu uso, uma vez que proporcionavam encaixes perfeitos e telhados mais uniformes. Esta invenção se deve aos irmãos Gilardon d’Altkirche, franceses, da Alsácia.

As telhas cerâmicas, também conhecidas como telhas de barro são as mais antigas e ainda as mais utilizadas em residências. Trazendo influências e resgatando a história brasileira.

Fonte: Alarcon
Assista nossos vídeos no Youtube Notícias Trabalhe Conosco
Todos os direitos reservados. Constata Construções Ltda.